Sample Sidebar Module

This is a sample module published to the sidebar_top position, using the -sidebar module class suffix. There is also a sidebar_bottom position below the menu.

Blog do Chico
Foro Privilegiado

Foro privilegiado! O que é isso? É um direito adquirido por algumas autoridades públicas, de acordo com o ordenamento jurídico brasileiro, garantindo que, pela função ou cargo que ocupem, possam ter um julgamento especial e particular quando são alvos de processos penais, por crimes cometidos.

Quem quer, precisa e defende o “foro privilegiado”? São os políticos criminosos de plantão, que se utilizam deste privilégio para continuarem livre na atividade do crime, lesando a Pátria e os brasileiros, protegidos por está absurda “Lei”.

Nenhum cidadão de bem, trabalhador ou pai de família precisa e luta energicamente por esta regalia, como vimos atualmente os homens do ciclo do Poder fazê-lo com bravura e desembaraço. Utilizando inclusive de artifícios e atitudes éticas duvidosas, para driblar a legislação e incluir-se no lado marginal da vida, utilizando-se desta prerrogativa.

Então, este privilégio, regalia ou prerrogativa, precisa ser revisto e extinto, para que a palavra democracia aproxime-se verdadeiramente do seu significado.

Rio, 01/03/2017.

Chico Salles by Livio Campos
Obrigado por visitar meu blog!
Por favor, retorne sempre para ler novidades!

 
Citações Chicosalleanas: 

♦   “A vida é feita de pedaços, de mistérios e essências,
     quem ficar no mesmo passo atrofia a existência”.

♦   “Minha estrada é longa, mas minha esperança é maior”.

♦   “Câncer, antes nunca do que tarde”.

♦   “Não tenho pressa, mas não estou parado”.

 
 

Chico Salles Perfil

Chico Salles by Livio Campos

Chico Salles

"Nordestino Carioca"

Sou cantador, violeiro, forrozeiro,
Cordelista brasileiro e assim bem Paraíba
Sou operário, milionário sem tostão,
Busco na inspiração vez por outra ser escriba.

Vou por aí, relembrando o mestre Lua,
Cantarolando nas ruas, becos vielas e guetos,
Com a sanfona, o triângulo e a zabumba,
Tocando xaxado e rumba, xote e baião nos coretos.

No boteco, no teatro, na esquina,
Na poeira na neblina, fazendo a festa do povo,
Aqui na praça de graça, ou lá na lona,
De Metrô ou de carona, amanhã volto de novo.

Reticências do Blog do Chico

Chico Salles Logo

Login