Sample Sidebar Module

This is a sample module published to the sidebar_top position, using the -sidebar module class suffix. There is also a sidebar_bottom position below the menu.

  • Agulha no Palheiro

    Vigas da Perimetral

    Sobre o sumiço das seis vigas metálicas da Perimetral, sem comentários.

  • Auto Reflexão

    Auto Reflexão

    Para opiniões e debates.

  • Codinome Lava-Jato

    Codinome Lava-Jato

    Um pequeno texto em setilha repercutindo esta notícia.

  • CRIMES BRASILEIROS

    grafico
  • ESMOLA ou INDIFERENÇA

    Esmola ou Indiferença

    Novamente aqui refletindo o nosso Brasil, como Nação ou Estado, relacionando atividades do nosso cotidiano em dois grupos. 

  • FORO PRIVILEGIADO

    Foro Privilegiado

    Foro privilegiado! O que é isso? É um direito adquirido por algumas autoridades públicas, de acordo com o ordenamento jurídico brasileiro, garantindo que, pela função ou cargo que ocupem, possam ter um julgamento especial e particular quando são alvos de processos penais, por crimes cometidos.

  • Inclusão e Desilusão Social e um pouco mais...

    Nadou e morreu na praia

    Apresento desta vez, pela primeira vez, dois textos escritos esses dias, sobre o que estamos assistindo com a política e a economia brasileira:

     

  • Indiferença aos Políticos

    Olimpíadas e a nossa Indiferença

    O inegável sucesso dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro nos deixa uma importante lição, sobre o que vêm tanto nos atormentando nas últimas décadas, os políticos. A lição da indiferença e do desinteresse que devem ser tratados. Chegamos à conclusão, mais do que lógica e agradável, de que podemos caminhar sem eles.

     

  • Muros nas Favelas

    Muros nas Favelas

    Mais um martelo agalopado, sobre o nosso sistema de ensino.

  • Reação

    Reação Pública

    Comentário sobre os recentes acontacimentos e manifestações acontecidos em várias cidades brasileiras.

  • Reforma Eleitoral e Política

    Reforma Eleitoral e Política

    Reedito aqui este Cordel, escrito e publicado há mais de 10 anos, com este tema atualíssimo:

  • Reforma Política - Caminhos do Brasil

    Reforma Política - Caminhos do Brasil

    Este artigo em formato duplo de cordel: um em setilha e outro em martelo, está sendo publicado aqui neste novo site com o blog redesenhado por ser o artigo mais lido no blog anterior. Foi escrito em 2009, portanto está com sete anos.

  • Saco de Bicicletas

    Saco de Bicicletas

    Com os depoimentos da Odebrecht, na delação da Lava Jato, compreendo que as questões da política brasileira estão pra lá do que pensava. Parecendo um “saco cheio de bicicletas”, sendo esta expressão, uma espécie de sinônimo de “saco de gatos”. Quer dizer, um ambiente confuso, complicado e de difícil visualização e imaginação. Penso assim por quê?

  • Sem cachorros e sem gatos

    Eleições sem cachorros e sem gatos

    Esta é minha opinião sobre o resultado das eleições de 02/10/2016

     

    Duas reflexões nós poderemos fazer sobre o resultado dessas eleições de ontem:

  • Tripé

    O Tripé

    Há algum tempo escrevi sobre “reforma política” em formato de martelo, com o mote, “Com o Brasil caminhando desse jeito, não sabemos onde ele vai chegar!”.

    Depois escrevi também no mesmo formato, sobre a Justiça brasileira, com o mote, “A Justiça brasileira está doente”!

  • Um Cordel para o INCA

    Instituto Nacional do Câncer - INCA

    Um pequeno texto, ou um cordel resumido, ou ainda uma pequena homenagem em setilha, que escrivi na ocasião de tratamento da minhã Lúcia de Fátima. Tem uns quatro anos.

Chico Salles by Livio Campos
Obrigado por visitar meu blog!
Por favor, retorne sempre para ler novidades!

 
Citações Chicosalleanas: 

♦   “A vida é feita de pedaços, de mistérios e essências,
     quem ficar no mesmo passo atrofia a existência”.

♦   “Minha estrada é longa, mas minha esperança é maior”.

♦   “Câncer, antes nunca do que tarde”.

♦   “Não tenho pressa, mas não estou parado”.

 
 

Chico Salles Perfil

Chico Salles by Livio Campos

Chico Salles

"Nordestino Carioca"

Sou cantador, violeiro, forrozeiro,
Cordelista brasileiro e assim bem Paraíba
Sou operário, milionário sem tostão,
Busco na inspiração vez por outra ser escriba.

Vou por aí, relembrando o mestre Lua,
Cantarolando nas ruas, becos vielas e guetos,
Com a sanfona, o triângulo e a zabumba,
Tocando xaxado e rumba, xote e baião nos coretos.

No boteco, no teatro, na esquina,
Na poeira na neblina, fazendo a festa do povo,
Aqui na praça de graça, ou lá na lona,
De Metrô ou de carona, amanhã volto de novo.

Chico Salles Logo

Login